Como Adaptar Seu Negócio à Pandemia

negócio

Como Adaptar Seu Negócio à Pandemia

Devido a pandemia causada pelo coronavírus, diversos setores do comércio foram afetados, desde pequenos negócios à grandes empresas, impedindo a realização de tarefas corriqueiras. Neste artigo, iremos apresentar dicas de como se adaptar ao “novo normal”, trazendo exemplos. Além de apresentar maneiras de como impulsionar o atual modelo do seu negócio.

Adaptando o seu negócio

Com a flexibilização das medidas de isolamento social, o comércio, gradativamente vem retornando suas atividades. Dessa maneira, algumas táticas podem ser implementadas no seu empreendimento, para se adequar às medidas necessárias, garantindo à todos um ambiente seguro de trabalho e consumo, são elas:

Mantenha o seu colaborador e cliente informados sobre o coronavírus

Você pode verificar os dados oficiais do governo e da Organização Mundial da Saúde (OMS) para criar um boletim e colocá-los nos locais de trabalho, tanto presencial, quanto virtual, para que todos saibam por que o isolamento social é necessário. Além disso, mostre como o processo de transmissão do vírus ocorre.

Limite ao máximo o contato físico entre as pessoas

Tendo em vista, que o contato físico é a maneira mais eficiente de transmissão do vírus, tente ao máximo evitá-lo. Portanto, adie ou cancele eventos empresariais que necessitem do formato presencial, pois aglomerações são contraindicadas. 

Em negócios em que o contato físico é imprescindível, por exemplo: clínicas odontológicas, salões de beleza e estúdios de tatuagem.  É necessário seguir as recomendações básicas, além de se manter no local de trabalho o menor número de pessoas possíveis, para que ocorra o  atendimento. Em ambientes como bares e restaurantes pode se adotar o remanejamento de mesas, para que haja mais espaços entres as mesas, mesmo que seja necessário a redução da capacidade do local. 

Priorize o Home Office

O Home Office é uma ótima maneira de se manter o distanciamento social, além de poder trazer possíveis benefícios ao seu negócio. Em um estudo realizado pela Universidade de Stanford (EUA) o colaborador que permanece em casa chegou a ter um resultado de 13% à mais de produtividade do que o funcionários que permaneceram em ambientes tradicionais de trabalho. Outras vantagens que este modelo de gestão pode trazer é a redução de custos imobiliários e o aumento da motivação dos trabalhadores, pois extingue o deslocamento casa-trabalho, reduzindo a perda de tempo em congestionamentos e com eles o estresse dos trabalhadores.

Se aproprie das ferramentas e serviços on-line

Nos mais diversos ramos de negócios, é possível se apropriar de ferramentas e serviços on-line para incentivar o distanciamento social. Inúmeros empreendimentos têm adotado essas maneiras de se reduzir o contato físico, como por exemplo:

Uber Eats e iFood: Os principais aplicativos de delivery que operam no Brasil, oferecendo uma variedade de restaurantes, lanchonetes e mercados que permitem refeições confortáveis e compras ​​em casa. Para fazer o pedido, os usuários não precisam sair de casa, evitando o tráfego desnecessário de pessoas .

Otimização do seu negócio on-line

Para encerrar, trouxemos dicas para quem se encontra no e-commerce otimizar suas vendas. Tendo em vista, que nesse período de pandemia, as vendas on-line tiveram um aumento nos indicadores, tanto do ticket médio, como no volume de vendas.

Tenha um site com indicações de segurança

Um dos sinais de segurança do site é um carimbo, fornecido por agências como Ebit, Compre & Confie, ReclameAqui, Certisign e Site Blindado. Em algumas dessas contas, você pode se registrar a qualquer momento e obter um selo gratuitamente. 

Outro processo importante é usar um certificado SSL, que pode ativar o protocolo HTTPS e exibir um cadeado na barra do navegador. O certificado garante a segurança da transação e mostra ao usuário que ele está em um ambiente protegido. No entanto, essa medida pode exigir mais tempo e investimento.

Qualidade no atendimento

 Notamos nessa período pandêmico: que é essencial o atendimento no e-commerce transmitir segurança. Pois muitas pessoas estão tendo o primeiro contato com esse mercado pela primeira vez, em sua maioria forçadamente, por não ter outra opção. Por isso, estão com medo de cair em golpes e acabarem perdendo seu dinheiro.

Deixe o cliente informado das suas operações

É essencial exibir produtos na página inicial. Essas mudanças operacionais e o impacto do Covid-19 em seus negócios também devem ser claramente visíveis para os consumidores. Questões como: horário de funcionamento, boas práticas e higienização dos produtos; são pontos importantes para se expor em seu site, transparecendo segurança ao cliente efetuar a compra.

Trace estratégias para o pós-venda

 Lembre-se de que muitas pessoas podem fazer compras em seu negócio pela primeira vez. Por isso, conquiste essas pessoas de primeira e mostre que vale a pena continuar comprando com você. E lembre-se, os clientes fiéis merecem atenção especial porque priorizam seu empreendimento em momentos críticos como esse.

Dessa maneira, ações como: criar um modelo de fidelidade, entrar em contato com o cliente após a entrega para coletar a satisfação do mesmo, enviar algum brinde e/ou bilhete de agradecimento para o cliente na entrega; são algumas estratégias para se reter esse público novo.

Está com dificuldade de adaptar seu negócio à pandemia?

A Pacto Consultoria jr. te ajuda. Entre em contato com a gente!