Como Contratar o Funcionário Ideal

funcionário ideal

Como Contratar o Funcionário Ideal

O Funcionário Ideal: Como encontrá-lo?

Sabemos que o maior desafio das pequenas e médias empresas é contratar um funcionário ideal: aquele que esteja alinhado ao perfil do negócio.

Contratar pessoas baseadas no propósito da empresa mantém a relação entre os colaboradores e a organização muito mais concreta, o que facilita a geração de resultados positivos de forma rápida e assertiva.

A contratação de uma pessoa inadequada pode gerar um prejuízo enorme, é por isso que hoje daremos alguns passos para você contratar o funcionário ideal para sua empresa, além de evitar prejuízos.

Perceba o momento de contratar

Antes de tudo, é necessário perceber o momento de contratar novos funcionários. Alguns fatores precisam ser avaliados antes dessa decisão, tais como: Sua equipe está sendo produtiva? Os resultados obtidos na sua empresa estão dentro das metas estabelecidas? Sua empresa está com problemas envolvendo algum funcionário?

Procure o perfil ideal para a vaga

Na hora de contratar um novo funcionário, delinear o perfil desejado para o cargo em aberto é uma forma de direcionar o processo de recrutamento. É importante que você defina exatamente o que está procurando em um candidato. Isso envolve 3 aspectos básicos: perfil técnico, perfil profissional e perfil pessoal.

O perfil técnico está relacionado às suas competências técnicas e conhecimentos adquiridos, que podem ou não se encaixar com a vaga requerida.

O perfil profissional é a apresentação do candidato, é o resumo de suas qualificações, habilidades, competências e experiências anteriores.

Agora o perfil pessoal pode ser relacionado às suas habilidades comportamentais. Alguns exemplos de perfis pessoais são líder e liderado; sonhador e executor; comunicativo e introvertido; focado e dinâmico; prático e analítico.

Tenha em mente os perfis adequados à vaga que será preenchida. O perfil pessoal também envolve valores e cultura, como nível de comprometimento profissional, padrões éticos e lealdade.

Defina as competências necessárias

É essencial que o Planejamento Estratégico da empresa esteja bem definido, deixando claro aonde a empresa quer chegar e quais são seus planos de ação. A partir disso, é possível dividir o Processo Seletivo em fases para que a avaliação seja mais profunda e assertiva.

Cada fase deverá avaliar uma questão estratégica para as necessidades da contratação: Como o candidato se entrega ao trabalho? Como ele trabalha em grupo? Quais são suas motivações? É importante entender essas questões durante um processo seletivo.

Analise os currículos

Agora que você sabe qual o perfil desejado, é hora de analisar os currículos e avaliar as competências. O currículo, muitas vezes, apresenta ao recrutador a primeira impressão sobre um candidato. Por isso, é muito importante se atentar aos detalhes.

Elabore dinâmicas de grupo

Em uma dinâmica de grupo, você pode conhecer um pouco dos participantes. Assim, você pode analisar como eles se expõem perante um grupo que não conhece, como cada um age sob pressão e observar o seu comportamento interagindo em grupo.

As soft skills, habilidades comportamentais, são colocadas à prova durante dinâmicas em grupo, e podem ser ainda mais avaliadas por meio de perguntas na entrevista individual.

Elabore a entrevista

Esse é o momento de fazer com que o participante esteja o mais à vontade possível. Assim, você poderá conseguir respostas transparentes e conhecer, de fato, os entrevistados. Para que uma entrevista flua com eficiência e sucesso, o recrutador precisa desenvolver certas habilidades, como: criar engajamento, ganhar confiança e dar feedback honesto.

Como você pode observar, o processo de contratação de um funcionário ideal não é simples, demanda bastante tempo, dedicação e cuidado. Ficou com alguma dúvida sobre o assunto ou precisa de ajuda para recrutar novos funcionários? Entre em contato conosco.