• Pacto Consultoria Jr.

O Cliente Interno, o Endomarketing E a Motivação


Uma pesquisa realizada pela Forbes, em parceria com a Oxford Economics, concluiu que até 2017, aproximadamente 48% do mercado de trabalho será composto pela geração Y. Tendo como pontos destacados a flexibilidade e a não linearidade de pensamento, tal geração, também conhecida como Millennials, demanda uma mudança das estratégias vigentes nas empresas. Entretanto, alguns processos ainda mantém-se “tradicionais”; um exemplo disso é a banalidade da comunicação interna.

No entanto, o que propomos aqui é a utilização do endomarketing, algo além da comunicação interna. Tal vertente do marketing é um conjunto de ações institucionais que a empresa utiliza para fidelizar seus funcionários, torná-los seus consumidores e fazê-los “vestir a camisa” da companhia. Para que isso seja possível, aplicam-se as técnicas do marketing tradicional ao público interno.

Para fidelizar os jovens da geração Y, as empresas precisam oferecer perspectivas de crescimento, ambiente de trabalho com relações profissionais respeitosas e positivas, ter bons líderes e oferecer um plano de desenvolvimento individualizado, além de desafios constantes. Ao conquistar o seu cliente interno, você terá: colaboradores leais à marca e interessados com a empresa, fortalecimento dos processos de trabalho e aumento de valor de mercado da empresa.

Entendido como elemento de ligação entre a tríade sustentadora de qualquer empresa – produto/serviço, colaborador, cliente final –, o endomarketing comunica uma proposta eficaz para alcançar os objetivos e os resultados estratégicos das organizações por meio do protagonismo do colaborador, visto que está cada vez mais notório o conceito de que a chave para a fidelização da marca é a valorização das pessoas.

Além disso, é importante que nos ambientes de trabalho haja um “porquê” trabalhar. Com isso, ressalta-se a relevância da disseminação de informações, sendo capaz de causar no colaborador um sentimento de pertencimento e satisfação, estimulando, assim, uma série de qualidades intrínsecas ao bom atendimento e à valorização da marca. Somado a isso, a satisfação do seu cliente interno faz com que seus consumidores finais sejam melhor atendidos, aumentando, dessa forma, a qualidade do produto/serviço oferecido.

A partir do que foi compartilhado anteriormente, descrevemos quatro conceitos para auxiliar no processo inicial de endomarketing:

1) Estratégia: Todos devem ter conhecimento e estar alinhados à missão, visão e valores da empresa;

2) Conheça a si mesmo: Tenha claros os objetivos da empresa, onde você quer chegar e como. Essas informações são imprescindíveis para vender a ideia a seus colaboradores;

3) Conheça seu público interno: Saiba quem são seus colaboradores: o que fazem na empresa e fora dela; formação; histórico produtivo na empresa; quais canais de comunicação costumam utilizar; nível de satisfação com a empresa.

4) Defina suas ferramentas e teste-as: De acordo com seu público, defina quais serão seus veículos de comunicação (murais, redes sociais corporativas, mídias impressas, TV interna ou campanhas de incentivo, entre outros canais que podem surgir na pesquisa). Após aplicá-los, é importante testar o nível de alcance, a aceitabilidade dos canais e, principalmente, o formato de retorno que propiciam. Lembre-se: não basta falar, também é preciso ouvir.

“Pessoas felizes produzem mais e melhor” – Livro: Endomarketing de A a Z - como alinhar o pensamento das pessoas à estratégia da empresa, de Analisa de Medeiros Brum.

#endomarketing #motivação #geraçãoy #funcionários

Pacto Consultoria

Impactando o mercado com

soluções de excelência

  • Facebook Pacto
  • Instagram Pacto
  • LinkedIn Pacto
Ponto Localizacao
Telefone
Carta

Niterói