• Bruna Garcia

4 Caminhos para alcançar uma cultura de feedback na sua empresa


Quem nunca teve na empresa uma situação bem desagradável na qual o famoso “rádio corredor” se fez presente? Pois bem, não se sinta desacompanhado! 64% das organizações possuem falhas de comunicação, segundo o Project Management Institute (PMI). É impressionante como esse tipo de acontecimento faz com que a equipe continue desalinhada e suscetível a repetir os mesmos erros do passado.

Você já imaginou uma ferramenta que possa prevenir tudo isso? Parece mágico, não é?! Mas pode acreditar que é realidade! Apresento a você o feedback.

O feedback, no ambiente das organizações, nada mais é que uma avaliação dada a um grupo ou individualmente sobre a performance do membro da corporação, baseada em atitudes, ações e produtos obtidos por ele. Existem dois tipos: o construtivo e o positivo.

O positivo nada mais é que um reconhecimento de uma boa performance, feito individualmente ou na frente de toda a empresa - de preferência da segunda forma. Um exemplo disso? Lá vem!

Um membro teve a proatividade de dar continuidade e entregar um projeto que estava parado faz 5 meses devido a dificuldades técnicas. Fica clara que a ação desse membro trouxe resultados para a empresa e ainda foi feita por livre vontade, o que torna mais necessário ainda o feedback, como forma de reconhecer essa ação muito positiva dentro da organização, além de engajar outros a terem atitudes parecidas com essa.

O construtivo funciona como um conselho, baseado em ações que precisam ser corrigidas ou melhoradas dentro da empresa. É imprescindível que seja feito individualmente com o membro em questão para evitar a exposição e o constrangimento. Ele precisa ser bem detalhado com fatos, momentos, consequências da atitude, planos de ação e momento de reavaliação.

Agora a dúvida que fica é: como implementar isso tudo na empresa? Para isso, trouxemos 4 caminhos para alcançar a tão sonhada cultura de feedback.

Transparência:

Antes de uma cultura de feedback, é necessário se ter uma abertura para que isso ocorra. E isso vem de uma cultura de transparência. Uma cultura em que os funcionários da empresa saibam o que cada um está e deveria estar fazendo/entregando, e que se sintam vulneráveis e predispostos a saber ouvir e pensar que uma crítica construtiva vem com um objetivo principal de buscar a evolução da organização.

Mostre o porquê:

Não tem como motivar os membros a fazerem qualquer coisa antes de tornar nítida a importância e os resultados que possam a ser atingidos com a ferramenta. É por isso que o passo inicial a ser dado é levar para os membros de uma maneira lúdica e dinâmica, passando para eles que é essencial aprenderem com os erros e acertos, sendo que isso só será alcançado se trabalharem juntos!

Incentivo:

Outro caminho a percorrer nessa busca pela cultura de feedback é o incentivo. Cada vez mais a liderança pelo exemplo toma força; estar em um cargo acima não significa liderar necessariamente. Liderar é, simplesmente, dar o exemplo e inspirar as pessoas a se moverem e trazerem resultados juntos a você. Seguindo dessa forma, o passo a ser dado é incentivar os membros a darem feedback, usando essa ferramenta com eles, baseando nas próprias ações e resultados deles. Pode concretizar tudo isso com um painel de feedback, onde são colocados envelopes com os nomes dos membros. Essa é uma forma paliativa para que esteja visível na empresa e para que estimule a equipe a utilizar a ferramenta. Importante deixar claro a prioridade do feedback ser pessoal!

Momentos específicos para o feedback em reuniões:

Mais um passo a ser seguido é separar momentos dentro de reuniões com a equipe para dar feedback entre os membros. Utilizar de momentos em grupo para aplicar essa ferramenta é perfeito! Reconhecer o trabalho do grupo, ou individualmente, na frente de todos é altamente motivador e ainda alinha os demais com o que está acontecendo, nos resultados obtidos.

Além disso, outra abordagem a ser feita é trazer para eles as duas formas de feedback: construtivo e positivo. O construtivo dado individualmente, sendo legal separar um momento para que duplas sejam feitas espontaneamente e isso possa acontecer com maior fluidez.

Bom, vale lembrar que toda qualquer mudança é um processo e não simplesmente um evento. Isso significa que não será de uma hora para outra que sua empresa terá uma cultura de feedback a pleno vapor e funcionamento. Por isso, tenha constância nas ações que irá fazer para que não seja algo que a sua empresa simplesmente comece mas que não terá continuidade. Isso não trará resultados positivos.

Levará tempo para implementar esse tipo de cultura. Mas garantimos que os resultados valerão a pena!

Quer implementar uma cultura de feedback dentro de toda a estratégia de sua empresa, aumentando engajamento, alinhamento e otimizando os processos (minimizando erros) dela? Agende uma reunião sem compromisso para fazer um diagnóstico da sua empresa!

#Feedback #Empresa #Resultados #ClimaOrganizacional

16 views

Pacto Consultoria

Impactando o mercado com

soluções de excelência

  • Facebook Pacto
  • Instagram Pacto
  • LinkedIn Pacto
Ponto Localizacao
Telefone
Carta

Niterói