7 Dicas (Matadoras) De Planejamento Financeiro Empresarial Para 2018

January 5, 2018

Segundo pesquisas recentes, um dos quatro maiores motivos que levam ao fechamento prematuro de uma empresa é a falta de gerenciamento da gestão básica. E é por isso que hoje falaremos sobre Planejamento Financeiro e a sua importância para o seu negócio.

 

Então, se você quer que sua empresa esteja preparada para maximizar seus lucros, continue lendo esse artigo para ver 7 dicas imperdíveis!


Dica 1: Construa uma cultura de planejamento


Planejar não é uma atividade restrita às grandes empresas e tampouco limitada ao nível estratégico delas. O planejamento deve estar presente em todos os níveis hierárquicos, passando inclusive pelos níveis operacional e tático. Por isto, antes de tudo, é fundamental que se crie uma cultura de planejamento, cada colaborador deve entender a importância de planejar e deve, também, saber os objetivos e metas à serem atingidos. Essa é, sem dúvidas, a melhor forma de superar os resultados esperados e estar um passo à frente dos concorrentes.


Dica 2: Comece o planejamento financeiro o quanto antes


Sabe aquele hábito típico brasileiro de deixar tudo para a última hora? Você precisa definitivamente acabar com ele na sua empresa. Um planejamento feito de última hora certamente não será um bom planejamento, então, não fique aí parado e comece pelo orçamento anual: estime quanto irá receber e gastar com base no histórico da sua empresa e crie metas a partir disso. Seja realista com suas metas, mas dê preferência para uma projeção mais pessimista. Afinal, como diz aquele velho ditado, “é melhor prevenir do que remediar”. Ao final dessa etapa você terá um alvo para mirar, e essa será a sua base para otimizar seus resultados.


Dica 3: Corte gastos supérfluos


Reduzir ou eliminar de vez aqueles gastos desnecessários é fundamental para o seu negócio. Pois, ao evitar desperdícios de recursos, você contribui para a sobrevivência da sua empresa no mercado, possibilitando que ela “viva” de forma saudável e estável. Para isto, é interessante que você defina metas de redução de despesas e envolva toda a sua equipe neste objetivo. Lembre-se que seus funcionários devem ser seus maiores aliados. O desenvolvimento de uma responsabilidade no uso dos materiais do escritório e a otimização do uso da energia elétrica são exemplos de bons hábitos empresariais que podem reduzir os gastos de sua empresa. Então, comece a eliminar seus gastos dispensáveis e veja como isso afetará positivamente os seus resultados.


Dica 4: Procure alternativas para aumentar as receitas


É importante destacar, no entanto, que tão essencial quanto evitar gastos supérfluos é procurar aumentar as receitas. Portanto, busque a princípio soluções eficazes que não impliquem em aumento de custos como, por exemplo, aumentar o valor médio de vendas por cliente ou até mesmo elevar os preços do seu produto ou serviço. Posteriormente, considere melhorar a produtividade fazendo uma
revisão dos processos, é preciso avaliar se tudo que está sendo feito está sendo feito da forma certa, pelas pessoas certas e estão trazendo o retorno esperado. Por fim, busque investir nos seus funcionários, ofereça um plano de carreira, treinamentos e boas condições de trabalho. Esses são alguns dos fatores que levarão sua equipe a produzir mais e, por consequência, aumentar a receita.


Dica 5: Registre e acompanhe regularmente


Organizar um método de registro das contas a pagar e das contas a receber na empresa é muito importante para se ter pleno controle do seu capital e poder analisar sua saúde financeira. Mas não basta registrar, é preciso acompanhar cada lançamento para perceber como as finanças estão caminhando. Para ajudar a controlar, você pode contar com uma planilha de fluxo de caixa e uma planilha de DRE, como apoio. Desta forma, é possível acompanhar a redução diária e quando fechar o mês o resultado mensal. Esse controle eficaz da entrada e saída de recursos financeiros maximizará as possibilidades de investimentos e empréstimos, além de lhe trazer maior segurança para operar e investir em novas atividades.

 

Dica 6: Utilize um software online


Ao contrário das planilhas eletrônicas tradicionais, onde é necessário preparar documentos diferentes para cada coisa que você precisa monitorar e analisar, existem softwares online que permitem uma visualização rápida da situação do negócio, muitas vezes disponibilizando, em apenas uma tela, um resumo das finanças. Além disso, é possível realizar buscas e filtrar as informações facilmente, acessando os dados mais relevantes, inclusive na forma de gráficos, que tornam sua compreensão ainda mais rápida. Portanto, considere a utilização de um software online e veja como facilitará a organização das suas finanças.


Dica 7: Considere a ajuda de uma consultoria


Sabemos como a vida de um empreendedor é corrida e, por isso, nem sempre se dá a devida atenção às finanças da empresa. Portanto, na hora de iniciar o planejamento financeiro avalie a contratação de uma consultoria. Um olhar de fora pode abrir a sua mente para novas possibilidades e por meio de um planejamento bem estruturado e conciso você terá maior controle do seu empreendimento e poderá geri-lo da melhor maneira, para que ele cresça e prospere.

 

A Pacto Consultoria Júnior vem a mais de 20 anos apresentando soluções de excelência e gerando orientações financeiras assertivas que levam em conta as características individuais do negócio. Quer saber mais sobre como traçar as melhores estratégias para o seu negócio e alavancar os seus resultados financeiros? Vamos juntos fazer o melhor planejamento financeiro para você, entre em contato!

 

Please reload

Pacto Consultoria

Impactando o mercado com

soluções de excelência

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
Ponto Localizacao
Telefone
Carta

Niterói